segunda-feira, 7 de agosto de 2017

MALDIÇÕES

 Quantas pessoas que sofrem com Maldições? Inúmeras. As Maldições vêm de geração a geração, passadas através das pessoas que vão nascendo naquela família independendo de ser boa pessoa ou não. Sofrem em vários sentidos como doenças, a vida não dá certo, conseguem empregos bons e que não perduram; doenças familiares, sem sorte no amor,etc.
As maldições geralmente são transmitidas por familiares muito próximas como pai e mãe, pessoas com vínculos sanguíneos. Isso é chamado de MALDIÇÃO HEREDITÁRIA.

Também há as maldições que são causadas por estranhos ou bruxas ou bruxos realmente poderosos que enviam diretamente para pessoas e que dependendo, passa de geração para geração. A intensidade e o poder da palavra dita é que gera isso. Mas nem sempre, pega,depende muito do mental de quem está sendo envolvido.
Em várias religiões as maldições são cuidadas com extremo cuidado e trabalhadas para que sejam quebradas. Caso realmente esteja amaldiçoado e isso é muitas vezes praticamente perigoso e difícil, tem que se ter uma Sacerdotisa ou um Sacerdote apropriado para isso, com extrema força e poder. Mas nem sempre é possível, devido ao comportamento da pessoa. Ela se alimenta do comportamento da pessoa amaldiçoada através de atitudes, não querer mudar e se deixar influenciar por situações nefastas que colaboram com a continuidade das maldições ou maldição. 
Nessas maldições são criados seres maléficos, como podem ser íncubus e sucubus, se for sexual; os suicidas; as psicopatias; assassinos e muitos outros. 
A maioria das maldições geralmente são por motivos fúteis, infelizmente. Os pais que estão sempre jogando praga em seus filhos com tanta intensidade, não entendem que  a carga energética é enorme! Acham besteira só ter lançado essa praga "bôba" mas não é, aliás nem pensam que é praga! Por isso todo o cuidado é pouco na hora de praguejar alguém. Nossa energia maléfica está toda ali. Será que algum dia não recairá sobre os nossos, se algo não foi bem dirigido ou por algo fútil e não por algo realmente sério, como para um estuprador, pedófilo ou políticos corruptos? Vamos pensar nisso.
Um dos modos mais eficazes de acabar com Maldições é trabalhar para que a energia primordial lançada, retorne para a fonte original. Para isso requer muito treinamento e força saudável física e força espiritual para enfrentar esses "demônios", essas sombras maléficas.
Há relatos de maldições famosas como as da tumbas dos faraós e a mais famosa que é a de Tutancâmon, ou de casas amaldiçoadas; Família Kennedy; do filme a Profecia (vi todos, excelente!) e muitos outras maldições "inexplicáveis", lembram dos artistas e cantores que morreram aos 27 anos? Pois é.
Podemos sim é fazer muitas coisas para evitarmos isso. Conversar com nossos filhos e amigos, que uma maldição familiar vai se modificando até ser uma outra situação mais perigosa.
De qualquer maneira, cabe a cada um resolver se policiar, observar se realmente há maldição ou se é fruto fantasioso de nossa cabeça. A Deusa é poderosa, mas as outras forças penetram em quem não tem fortaleza interior, ou é filho de alguém inconsequente em lançar maldições (que fazer? Não se desespere, procure auxílio, caso isso esteja afetando a sua vida realmente)
Uma mente saudável, procurar o bem estar individual e espiritual, também pode ajudar bastante.
Muita Paz Interior para todos!
Alana Morgana

2 comentários:

TURMAS DE FORMAÇÃO DE BRUXAS ECLÉTICAS 2018

Os Anjos-Príncipes e os Dias da Semana Também chamados de GÊNIOS