sábado, 25 de novembro de 2017

Dionísio e Pan, Deuses Incompreendidos

 Em parceria com a Tradição Athena Pronaia, a EAM- Escola de Artes Mágikas Divinatórias Alana Morgana, fundada em 1984, homenageia neste mês de Dezembro os Deuses Dionísio e Pan. Dois Deuses bastante incompreendidos. Considerado com o Deus da Loucura, Ele é um Deus de muitas Virtudes. Um de seus epítetos ou qualidades é do Iatros, o Curador; Hugiates, o Dispensador de Saúde! Ele cura as pessoas que nele têm sua fé; Anthios, o Deus de Todas as Coisas Florescentes; Soter, O Salvador! Arreto, o Inefável, entre outros epítetos aonde este Deus têm seu imenso Poder, inclusive de enlouquecer. Mas Deuses Poderosos são assim mesmo!
Pã ou Pan, metade bode e parte com rosto humano, Pan, com seu grito aterrorizante, faz tremer os inimigos!
O termo "pânico" vem Dele. Ele é Megas, o Grande! Ele é Litêrius, o que liberta!
Deuses de grande poder, só lembrado nos seus rituais orgiásticos, mas vamos lembrar que o vinho, em grande parte é um libertador e também um enlouquecedor, dependendo de quem  faz uso!
Ele rege a mente, a cabeça humana, nada mais lógico que seu poder possa inebriar as pessoas, como também alertar de seus perigos.
  A vida humana sempre foi cercada de loucuras e insanidades, provocadas por seus próprios atos, assim como as raras virtudes que se pode lutar diariamente, para se conduzir com ombridade. Vivemos em cada parte do planeta, regidos por leis, sistemas, ordens sociais, egocentrismos, etnocentrismos e muitos centrismos...Culturalmente, o planeta como é lógico,  no passado e hoje, sempre se mesclou. Intolerâncias, religiosas, qual o deus ou deuses mais fortes, sempre existiu. Acabava uma guerra e o outro deus do perdedor caia e ia sendo substituído por outro ou então acrescentava os atributos do outro.
    Dionísio, nunca esquecido, sempre lembrado, mas sempre por seu lado mais humano, aonde brinca com os sentimentos frágeis e o comportamento inócuo do ser humano.
Pan, por sua força de mostrar os instintos dos seres humanos, a parte animalesca e sexual, assim como Diônisios. O Falo é um dos Seus símbolos... Ele é o Senhor de Todas as coisas Florescentes, Ele é o Inefável! Ele é o Salvador!

               Khaire, Diônisios e Pan! Que os Senhores tragam lucidez aos que lhe amam! Que Suas Glórias para sempre Eternas, nos abençoe!
Blessed Be!
Alana Morgana
Senhora, Suma Sacerdotisa, Matriarca e Eldery na Tradição Athena Pronaia (2005)
Fundadora da EAM (1984)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

TURMAS DE FORMAÇÃO DE BRUXAS ECLÉTICAS 2018

Os Anjos-Príncipes e os Dias da Semana Também chamados de GÊNIOS