quarta-feira, 6 de março de 2019

ORIGEM DO CARNAVAL E O BRASIL

Enfim, acabou o Carnaval no Rio de Janeiro de 2019. Milhares de pessoas, aqui no Brasil, principalmente nas regiões do Leste, Nordeste e algumas do centro-oeste, se regozijam com a festa mais popular do Brasil.

 Donde é a palavra Carnaval? Porque se tornou tão intenso no Brasil e a maior festa popular do mundo?
Começando pela origem do nome: “A palavra carnaval vem do latim carnem levare, que significa “abster-se, afastar-se da carne”. Segundo a Grande Enciclopédia Larousse Cultural: “...no latim medieval carnelevarium, carnilevaria, carnilevamem, véspera de Quarta-Feira de Cinzas, tempo em que se iniciava a abstinência da carne.”
Outra informação muito legal é que há tempos imemoriais, tipo a Babilônia, Grécia!
“A História do Carnaval remonta à Antiguidade, tanto na Mesopotâmia quanto na Grécia e em Roma. A palavra carnaval é originária do latim, carnis levale, cujo significado é retirar a carne. O significado está relacionado com o jejum que deveria ser realizado durante a quaresma e também com o controle dos prazeres mundanos. Isso demonstra uma tentativa da Igreja Católica de enquadrar uma festa pagã.”
“Na antiga Babilônia, duas festas possivelmente originaram o que conhecemos como carnaval. As Saceias eram uma festa em que um prisioneiro assumia durante alguns dias a figura do rei, vestindo-se como ele, alimentando-se da mesma forma e dormindo com suas esposas. Ao final, o prisioneiro era chicoteado e depois enforcado ou empalado.”
“O outro rito era realizado pelo rei nos dias que antecediam o equinócio da primavera, período de comemoração do ano novo na região. O ritual ocorria no templo de Marduk, um dos primeiros Deuses mesopotâmicos, onde o rei perdia seus emblemas de poder e era surrado na frente da estátua de Marduk. Essa humilhação servia para demonstrar a submissão do rei à divindade. Em seguida, ele novamente assumia o trono.”
“O que havia de comum nas duas festas e que está ligado ao carnaval era o caráter de subversão de papéis sociais: a transformação temporária do prisioneiro em rei e a humilhação do rei frente ao deus. Possivelmente a subversão de papeis sociais no carnaval, como os homens vestirem-se de mulheres e vice-versa, pode encontrar suas origens nessa tradição mesopotâmica. As associações entre o carnaval e as orgias podem ainda se relacionar às festas de origem greco-romana, como os bacanais (festas dionisíacas, para os gregos). Seriam festas dedicadas ao Deus do vinho, Baco (ou Dionísio, para os gregos), marcadas pela embriaguez e pela entrega aos prazeres da carne.”
"Havia ainda em Roma as Saturnálias e as Lupercálias. As primeiras ocorriam no solstício de inverno, em dezembro, e as segundas, em fevereiro, que seria o mês das divindades infernais, mas também das purificações. Tais festas duravam dias com comidas, bebidas e danças. Os papeis sociais também eram invertidos temporariamente, com os escravos colocando-se nos locais de seus senhores, e estes colocando-se no papel de escravos.”
Romantizamos tudo e deixamos que nossos instintos prevaleçam no Carnaval, na f4esta das Bacantes, de Baco, Dionísio, nas Saturnálias, na festa da Carne, na festa dos instintos. Acredito, que quanto mais ignorante o povo, mais ele celebra. É a festa do "pão e circo", principalmente em um país miserável, com tanta corrupção, que desde que foi descoberto, existe e cada dia mais. Muitos tentam melhorar, mas a máquina que controla, impede, tornam os filhos dessa pátria, corruptos. Aí vem o Carnaval e se libera toda a raiva e a angústia, desfila nos blocos, choram pela escola de samba e se descarregam de suas vidas miseráveis e então, se entoca calado aos desmandos de uma pátria sem rumo. Infelizmente, não vejo caminhos abertos para essa pátria, pra um povo que se entrega ao carnaval! Milhares! Milhares, mas não muda seu país.Eu, como uma cidadã comum e bruxa, faço a minha parte, entre meus artigos "bruxescos" e alguns, querendo ser ligeiramente politizados, faço a minha parte.

Um beijo
Alana Morgana, a Bruxa



TURMAS DE FORMAÇÃO DE BRUXAS ECLÉTICAS 2018

Os Anjos-Príncipes e os Dias da Semana Também chamados de GÊNIOS